Criatividade NÃO é um dom: 5 dicas para desenvolver a sua!

A criatividade não é um milagre ou um dom inalcançável. Essa é a primeira coisa que você precisa saber sobre ela.





É verdade que existem pessoas com mais facilidade para imaginar possibilidades e que a ciência comprova algumas tendências genéticas, mas no final, isso não quer dizer nada. Afinal, a criatividade, para ser uma grande competência, precisa ser testada e reforçada de diversas maneiras.



Segundo o dicionário, a criatividade é:

  1. qualidade ou característica de quem ou do que é criativo.

  2. inventividade, inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar, inovar, quer no campo artístico, quer no científico, esportivo etc.


Entretanto, em uma definição objetiva, a criatividade é uma junção de repertório e experiência, focada em um objetivo final. Ela não tem relação, por exemplo, em criar apenas alguma coisa mirabolante, mágica ou fantasiosa. Na verdade, podemos observá-la nos pequenos detalhes da nossa rotina que são facilitados por um pensamento rápido e prático.


Assim, diferente do que muitas pessoas acreditam, ninguém nasce criativo. A criatividade vem da construção de um repertório, ou seja, da retenção de tudo o que você consome. Mas então, se a criatividade é feita daquilo que consumimos, de que forma podemos desenvolvê-la?


1. Para criar, consuma!


Primeiramente, precisamos aumentar o nosso repertório, ou seja, a nossa bagagem cultural sobre variados temas. Para isso, precisamos consumir diferentes plataformas e estilos, abrindo espaço, por exemplo, para:

  • Assistir filmes e séries diferentes;

  • Ler livros, jornais e revistas de diversos gêneros;

  • Ouvir música, podcasts ou rádio;

  • Navegar nas redes sociais;

  • Consumir conteúdos digitais em plataformas como YouTube, Blogs e outros;

  • Participar de eventos, cursos, workshops e treinamentos;

  • Etc.


2. Encontre a melhor metodologia para você


Em segundo lugar, é importante que você encontre um modelo de uso para as suas ideias. Encontrar a melhor metodologia ou criar uma para praticar seus conhecimentos é uma boa opção. Por exemplo, no marketing, trabalhamos com o volume de ideias no brainstorming, que é, traduzido livremente, uma "chuva de ideias".


É importante que nessa fase, você não coloque limites nem julgue suas ideias. A liberdade criativa colabora para as mais diferentes ações e você pode praticá-la sozinho(a) ou com uma equipe. Além disso, lembre-se também de fazer associações e relacionar ideias que, normalmente, não seriam vistas juntas. Você pode se surpreender com o resultado!


3. Anote tudo!


Outro ponto extremamente importante é guardar as suas ideias. Seja em um bloco de notas físico ou digital, seja através de um rascunho de voz, é imprescindível registrar todas as suas ideias. Isso ajuda você a criar seu próprio repertório e a guardar a sua ideia. Não espere lembrar de tudo. Estamos com a cabeça a mil e, às vezes, em apenas um segundo você pode simplesmente esquecer a super ideia que teve. Então, anote tudo!


4. Saia da zona de conforto


Outra ação super necessária para desenvolver a sua criatividade é sair da zona de conforto. Viver novas experiências, conversar com outros profissionais e abrir as portas para aquilo que não é seu mundo comum pode se tornar uma boa oportunidade. Nesse formato, vemos o mundo como uma criança: sem limites para sonhar ou fantasiar, nos deixamos abertos ao que o mundo oferece, observando tudo como se fosse a primeira vez.


5. Viva em um ambiente inspirador


Olhar para a mesma parede branca todos os dias pode ser bem deprimente e inibir muito do seu comportamento criativo. Por isso, não tenha medo de melhorar o seu ambiente de trabalho, adicionando cor e detalhes que vão impulsionar suas ideias. Seja através de uma pintura, seja através da decoração, tenha um local inspirador!


Chegou a hora de impulsionar a sua criatividade!


Agora que você já sabe de que forma pode melhorar a sua criatividade, chegou a hora de colocar essas ações em prática!


Para mais dicas e informações, continue a navegar nos nossos conteúdos ou conheça as nossas redes sociais, clicando aqui!